Meio de informação e divulgação, aberto à iniciativa e participação da comunidade, procurando difundir a actividade local entre 22 de Junho de 2007 a 1 de Outubro de 2013. Obrigado a todos os 75.603 leitores.

Igreja Românica S. Gens de Boelhe (M.N.)
12
Out 10

 

Parceria entre a Junta de Freguesia de Boelhe e a AEP – Associação Empresarial de Portugal

 

Informa-se os interessados que encontram-se abertas inscrições para frequência de curso Técnicas de Socorrismo, a realizar de 3 de Novembro a 27 de Dezembro, em Boelhe.

Esta formação destina-se a:

- Activos empregados ou desempregados com idade igual ou superior a 18 anos;

- Formandos com menos de 18 anos desde que comprovadamente inseridos no mercado de trabalho;

- Formandos com Habilitações Literárias associadas ao Nível de Formação correspondente ao

    . Nível 2 – Habilitações Literárias inferiores ao 9º Ano de Escolaridade

    . Nível 3 – Habilitações Literárias entre o 9º Ano e o 12º Ano de Escolaridade. 

Os formandos desempregados têm direito a receber subsídio de alimentação e os activos empregados têm direito a subsídio de alimentação nos horários pós-laborais, todos desde que se realizarem mais do que duas horas de formação por dia. 

A taxa de participação obrigatória nesta formação é de 90%.

No horário de abertura ao público, a Junta de Freguesia de Boelhe fornecerá as informações adicionais, documentação disponível, regulamento da actividade formativa, regulamento do formando, compromisso de honra e ficha de inscrição.

 

AEP / Formação e Conhecimento

AEP – Associação Empresarial de Portugal

Av. Dr. António Macedo ◦ 4450-617 Leça da Palmeira ◦ Portugal

www.aeportugal.pt

  


Marido maltrata a mulher detido pela GNR

 

A GNR foi chamada no domingo para um caso de violência doméstica em que a mulher fora agredida pelo respectivo marido. O agressor, de 45 anos, não tem antecedentes criminais, mas mesmo assim, além de agredir a mulher, de 40 anos, ameaçou os militares.

A situação aconteceu no domingo à noite em Boelhe, Penafiel. Os militares do Posto de S. Vicente do Pinheiro foram informados que um homem estava a espancar a mulher. Os gritos da mulher, que estava a ser espancada pelo marido, operário da construção civil, alertaram os vizinhos que por diversas vezes já presenciaram cenas de violência entre o casal.

Quando o marido abriu a porta e deparou com a presença da GNR, segundo fonte da corporação, começou a "injuriar e a ameaçar" os militares. A mulher não necessitou de tratamento hospitalar e o suspeito foi algemado, conduzido ao posto da GNR e notificado para comparecer ontem em tribunal.

Segundo um relatório da Direcção-Geral da Administração Interna, durante o ano de 2009, foram registadas pela GNR e PSP cerca de 14.600 queixas de violência doméstica.

Em Outubro do ano passado, segundo um estudo divulgado pela Associação Portuguesa de Mulheres Juristas, grande parte das vítimas de violência doméstica tem de viver escondida mais de um ano até à conclusão do processo judicial.

Fonte: Edições on-line do Diário de Notícias e Correio da Manhã

 

publicado por a nossa terra às 21:01

pesquisar neste blog
 
Outubro 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
14
15

17
19
22
23

24
26
27
28
29

31


links
Força Portugal!
badge
blogs SAPO