Meio de informação e divulgação, aberto à iniciativa e participação da comunidade, procurando difundir a actividade local entre 22 de Junho de 2007 a 1 de Outubro de 2013. Obrigado a todos os 75.603 leitores.

Igreja Românica S. Gens de Boelhe (M.N.)
14
Fev 11

 

Dia Paroquial do Doente, 13 Fevereiro de 2011 

 

Dia Paroquial do Doente

 

As comunidades paroquiais de Boelhe, Cabeça Santa e Peroselo celebraram solenidade a N.ª Sr.ª de Lurdes, este Domingo, dia 13 de Fevereiro, na Igreja Matriz de S. Gens de Boelhe, concelho de Penafiel. Presidiu às celebrações o pároco Ilídio dos Santos. 

 

 

 

 

 

 

 

“Pelas suas chagas fostes curados” (1 Pd 2, 24)

 

Todos os anos, na memória da Bem-Aventurada Virgem de Lourdes, que se celebra a 11 de Fevereiro, a Igreja propõe o Dia Mundial do Doente. Esta circunstância, como quis o venerável João Paulo II, torna-se ocasião propícia para reflectir sobre o mistério do sofrimento e, sobretudo, para tornar as nossas comunidades e a sociedade civil mais sensíveis aos irmãos e irmãs doentes, acontecimentos inerentes à acção desenvolvida pelas equipas paroquiais da Pastoral da Família e da Conferência Vicentina de Santa Teresinha de Jesus, convidando ao envolvimento das comunidades paroquiais de Boelhe, Cabeça Santa e Peroselo. 

Presidindo às celebrações litúrgicas, o Pe. Ilídio dos Santos dirigiu-se aos 110 doentes presentes e à Assembleia aludindo nas palavras de Sua Santidade, o Papa Bento XVIII, “se todos os homens são nossos irmãos, aquele que é débil, sofredor ou necessitado de cuidado deve estar mais no centro da nossa atenção, para que nenhum deles se sinta esquecido ou marginalizado; com efeito “a grandeza da humanidade determina-se essencialmente na relação com o sofrimento e com quem sofre. Isto vale tanto para o indivíduo como para a sociedade. Uma sociedade que não consegue aceitar os que sofrem e não é capaz de contribuir, mediante a compaixão, para fazer com que o sofrimento seja compartilhado e assumido mesmo interiormente é uma sociedade cruel e desumana” (Carta enc. Spe salvi, 38). 

Recordando os recentes casos de abandono e esquecimento, fortemente noticiados nos últimos dias, o pároco Ilídio dos Santos referiu que a criação de grupos paroquiais de visitadores de doentes e idosos será um dos próximos passos que pretenderá desenvolver nas comunidades de Boelhe, Cabeça Santa e Peroselo.

 

 

 

Pelos grupos e movimentos paroquiais, Manuela Ferreira concretiza “as iniciativas que promovemos, por ocasião deste dia, sirvam de estímulo para tornar cada vez mais eficaz o cuidado para com os sofredores”. Cada vez mais, as paróquias são desafiadas a seguirem de perto os mais debilitados, tornando-se imperioso a necessidade de propostas, acções e pessoas no terreno como nova cultura de acompanhamento aos doentes. 

 

   

ler mensagem do Papa Bento XVI para o XVIII Dia Mundial do Doente 2011

publicado por a nossa terra às 00:36

pesquisar neste blog
 
Fevereiro 2011
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
12

13
15
17
18

21
22
23
24
25

27
28


links
Força Portugal!
badge
blogs SAPO