Meio de informação e divulgação, aberto à iniciativa e participação da comunidade, procurando difundir a actividade local entre 22 de Junho de 2007 a 1 de Outubro de 2013. Obrigado a todos os 75.603 leitores.

Igreja Românica S. Gens de Boelhe (M.N.)
21
Abr 11

                                 SEMANA SANTA 2011

PARÓQUIAS DE BOELHE, CABEÇA SANTA E PEROSELO 

 

  

Celebrações Religiosas                                                                  16 de Abril a 24 de Abril de 2011


 

VEM AÍ A PÁSCOA DO SENHOR
 
 
Domingo de Páscoa
 
MISSA SOLENE DA RESSURREIÇÃO E RECOLHA DAS CRUZES DO DOMINGO DE PÁSCOA
20:30 HORAS, IGREJA MATRIZ DE S. GENS DE BOELHE
19:30 HORAS, IGREJA PAROQUIAL DE PEROSELO
18:00 HORAS, IGREJA ROMÂNICA DE S. SALVADOR DE GANDRA, CABEÇA SANTA
 
VISITA PASCAL
É um costume muito enraizado no norte de Portugal, este de, no Domingo de Páscoa, um grupo de paroquianos (“Compasso”), com trajes festivos e partindo da respectiva igreja paroquial, se dirigir com a Cruz enfeitada de flores aos lares cristãos a anunciar a Ressurreição de Cristo e a abençoar as suas casas. Soam campainhas em sinal de júbilo, fazem-se tapetes de flores pelas ruas e caminhos, sobretudo à entrada das habitações, estrelejam foguetes no ar. Entrando em cada casa, estabelece-se um pequeno diálogo celebrativo. Dá-se depois a Cruz a beijar a todos os presentes.
 
ORAÇÃO E ENVIO SOLENE DA MANHÃ DE DOMINGO DE PÁSCOA
08:30 HORAS, IGREJA PAROQUIAL DE PEROSELO
07:30 HORAS, IGREJA ROMÂNICA DE S. SALVADOR DE GANDRA, CABEÇA SANTA
 
Todo o Domingo é um dia pascal, porque simboliza e evoca, no ritmo cristão das semanas, o primeiro dia do mundo novo inaugurado com a Ressurreição de Cristo. O Domingo de Páscoa é, nesse sentido, o paradigma de todos os domingos. Por isso proclama a Liturgia: - “Este é o dia que o Senhor fez! Exultemos e cantemos de alegria!” Por isso também, nele, a Igreja celebra com especial solenidade a Eucaristia, memorial que recorda aquele mistério.
 
 
Sábado Santo
 
VIGÍLIA PASCAL
21:30 HORAS, IGREJA MATRIZ DE S. GENS DE BOELHE
Benção do Lume Novo, Leitura da História da Salvação, Renovação das Promessas do Baptismo e Envio Solene das Cruzes
 
Para a Vigília Pascal convergem todas as celebrações da Semana Santa e mesmo de todo o Ano Litúrgico. Lembrando a grande noite de vigília do povo hebreu no Egipto, aguardando a hora da libertação (Ex 12), nela celebram os cristãos a sua própria redenção pelo mistério da Ressurreição de Cristo. Por ela se realiza a grande Páscoa ou Passagem da morte para a vida ou do estado de perdição para o estado de salvação. É a vitória final de Deus, em Cristo, sobre o pecado, o mal e a própria morte. No plano espiritual, os cristãos apropriam-se da graça desta passagem pelo Baptismo. Por isso, a liturgia baptismal tem aqui um lugar de destaque.
A Vigília Pascal – chamada por Santo Agostinho “a mãe de todas as Vigílias” – é uma soleníssima celebração, muito rica de simbolismo global e de símbolos particulares: as trevas, a luz, a água, o círio pascal, a cor alegre dos paramentos, a explosão de som e luz.
 
Integra quatro partes e conclui com a Procissão da Ressurreição.

1ª PARTE
Liturgia da Luz. Com Cristo ressuscitado, a Luz brilhou nas trevas. O círio pascal, que O simboliza, é benzido, conduzido em procissão e colocado diante da assembleia. Os participantes são convidados a terem nas mãos velas acesas, imitando aqueles servos de que fala o Evangelho (Lc 12, 35-37), os quais esperam, vigilantes, o seu Senhor que os fará sentar à sua mesa. Esta parte termina com o canto do Precónio (Pregão), anunciando solenemente a vitória de Cristo.

2ª PARTE
Liturgia da Palavra. Narram-se os gestos maravilhosos de Deus na história da salvação, desde a Criação do mundo até ao grande gesto da "Nova Criação" pela ressurreição de Cristo, início e primícias de um mundo novo. As leituras são intercaladas por aclamações, a última das quais é o canto do Aleluia pascal. Ao cântico de Glória, a Catedral escurecida torna-se, de repente, uma explosão de luz.

3ª PARTE
Liturgia Baptismal. Invocam-se os santos, com o canto da Ladainha. Benze-se a água do Baptismo, que é levada em procissão. Asperge-se o povo. Renovam-se as promessas do Baptismo. Se há baptizandos, é-lhes ministrado este Sacramento.

4ª PARTE
Liturgia Eucarística. Celebração festiva da primeira Missa da Páscoa.

No final da Missa, o Santíssimo Sacramento, que estivera encerrado, é colocado na custódia e trazido para o altar-mor. Organiza-se a Procissão da Ressurreição, própria do Rito, pelo interior central da Igreja. De novo no altar-mor, Cristo vivo na Hóstia branca abençoa todos os fiéis, que dele se despedem ouvindo e cantando o Regina Coeli, laetare (Rainha dos Céus, alegrai-vos), em modo de parabéns àquela que de Senhora das Dores se transformou em Senhora da Alegria.
 
No final será efectuado um convívio entre as Comunidades.
 
 
Sexta-feira Santa
 
CELEBRAÇÃO DA PAIXÃO E MORTE DO SENHOR
PAIXÃO E MORTE DO SENHOR
21:00 HORAS, IGREJA MATRIZ DE S. GENS DE BOELHE
Leitura da Paixão e Adoração da Cruz
 
VIA-SACRA EM SANTA CRUZ
15:00 HORAS, VIA DO LARGO DA IGREJA MATRIZ DE S. GENS DE BOELHE AO LARGO DO CALVÁRIO
 
À mesma hora em que Cristo expirou, os cristãos celebram o mistério da sua Morte redentora. Não há Missa, como seu memorial, mas comemoração directa, integrando a sequência dos actos seguintes:
 
1ª PARTE
Liturgia da Palavra: leituras alusivas ao sacrifício de Cristo, intercaladas com cântico de salmos, e narração da Paixão de Jesus segundo S. João.
 
2ª PARTE
Oração Universal: sequência de orações pelas necessidades da Igreja e do mundo.
 
3ª PARTE
Adoração da Cruz. Depois de conduzida, encoberta, o Abade proporciona ao povo a progressiva descoberta do seu mistério – "Eis o madeiro da Cruz!" –, ao mesmo tempo que o convida à sua adoração: – "Vinde, adoremos!". E todo o povo desfila, então, aproximando-se para beijar e adorar o que foi o preço da sua redenção.
 
4ª PARTE
Comunhão Eucarística. Comungando o Corpo de Cristo, os fiéis lembram as palavras de S. Paulo: "Sempre que comerdes deste pão […] anunciais a morte do Senhor, até que Ele venha" (1 Cor 11, 26).
 
 
Quinta-feira Santa
 
LAVA-PÉS E MISSA DA CEIA DO SENHOR
21:00 HORAS, IGREJA MATRIZ DE S. GENS DE BOELHE
Procissão do Santíssimo e Adoração
 
A anteceder a Missa da Ceia do Senhor, o Abade que preside lava os pés a doze pessoas que representam os doze Apóstolos. Assim se comemora o que fez Jesus e se actualiza a sua eloquente lição: "Antes da festa da Páscoa, sabendo Jesus que chegara a hora de passar deste mundo para o Pai, tendo amado os seus que estavam no mundo, levou até ao extremo este seu amor. [...] Levantou-se da mesa, depôs as vestes e tomando uma toalha pô-la à cinta. Depois de lhes lavar os pés [...], disse-lhes: ‘Compreendestes o que vos fiz? Vós chamais-me Mestre e Senhor e dizeis bem porque Eu o sou. Ora, se Eu, sendo Mestre e Senhor, vos lavei os pés, também vós deveis lavar os pés uns aos outros. Dei-vos o exemplo, para que, assim como Eu fiz, vós façais também'" (Jo 13, 1-15).
Terminado este rito, segue-se a Missa da Ceia do Senhor. É uma celebração dominada pelo sentimento do amor de Cristo que, na véspera da sua Paixão, enquanto comia a Ceia com os discípulos, instituiu o Sacrifício-Sacramento da Eucaristia, como memorial da sua Morte e Ressurreição a celebrar, tornando-o sempre actual, no decurso dos tempos: "Durante a ceia, tomou o pão dizendo: - ‘Tomai e comei. Isto é o meu corpo, entregue por vós.' Do mesmo modo, tomou o cálice e, dando graças, deu-o aos discípulos dizendo: - ‘Tomai e bebei todos. Este é o cálice do meu sangue, o sangue da nova e eterna Aliança, que será derramado por vós e por todos para remissão dos pecados. Fazei isto em memória de Mim'" (Lc 22, 19-20).
No final será efectuada a adoração ao Santíssimo pela Comunidade e diversos grupos paroquiais.
 
Início das Solenidades do Tríduo Pascal 
As Juntas de Freguesia de Cabeça Santa e Peroselo disponibilizam transporte para as Solenidades do Tríduo Pascal a decorrem na Igreja Matriz de S. Gens de Boelhe, devendo os interessados efectuarem uma prévia inscrição junto das respectivas sacristias paroquiais. 
 
  
Quarta-feira Santa
 
VIA-SACRA EM SANTA CRUZ
20:30 HORAS, GUMARÃES, CABEÇA SANTA
 
 
Terça-feira Santa
 
VIA-SACRA EM SANTA CRUZ
21:00 HORAS, VIA DA IGREJA PAROQUIAL DE PEROSELO AO LARGO DO CALVÁRIO
 
MISSA
20:00 HORAS, IGREJA ROMÂNICA DE S. SALVADOR DE GANDRA, CABEÇA SANTA
 
 
Segunda-feira Santa
 
VIA-SACRA EM SANTA CRUZ
21:00 HORAS, VIA DO CRUZEIRO À IGREJA ROMÂNICA DE S. SALVADOR DE GANDRA, CABEÇA SANTA
 
MISSA
20:00 HORAS, IGREJA PAROQUIAL DE PEROSELO
 
 
   
Domingo de Ramos
 
BÊNÇÃO DOS RAMOS, PROCISSÃO E MISSA
  
O Domingo de Ramos é o pórtico de entrada na Semana Santa. Neste dia a Igreja comemora a entrada de Jesus em Jerusalém, para consumar o seu mistério pascal. É uma entrada que prefigura e preludia a sua entrada, pela Ressurreição gloriosa, na Jerusalém Celeste. Jesus, porém, quis chegar ao triunfo passando pela Paixão e Morte. Por isso se lê, na Missa de Ramos, o evangelho da Paixão. Os fiéis são convidados a olhar para Jesus, o qual "sofreu por nós, deixando-nos o exemplo, para que sigamos os seus passos" (1 Pd 2, 21).
 
Bênção e Procissão dos Ramos
11:00 HORAS, LARGO DA IGREJA MATRIZ DE S. GENS DE BOELHE
09:30 HORAS, LARGO DA IGREJA PAROQUIAL DE PEROSELO
08:00 HORAS, LARGO DA IGREJA ROMÂNICA DE S. SALVADOR DE GANDRA, CABEÇA SANTA 
 
No Largo Paroquial – Bênção dos Ramos. Inicia-se a Procissão em direcção ao interior da Igreja Matriz, percorrendo a rua envolvente.
Cinco dias antes da morte, Jesus, manso e humilde, montado num jumentinho, desce do Monte das Oliveiras em direcção a Jerusalém. O povo saiu-lhe ao encontro, atapetando o caminho com os seus mantos e com ramos de árvores. As crianças e todo o povo aplaudiam-no com entusiasmo: "Hossana ao Filho de David! Bendito o que vem em nome do Senhor! Hossana nas alturas!".
A Santa Igreja recomenda: "Convidem-se os fiéis a tomar parte, no maior número possível, na solene Procissão de Ramos, dando assim público testemunho de amor e gratidão a Cristo-Rei".
 
Missa do Domingo de Ramos
 
As leituras desta Missa, sobretudo a narração da Paixão segundo S. Mateus, colocam diante da assembleia o quadro dos acontecimentos dolorosos de Jesus que irão ser comemorados ao longo da Semana Santa. Convidados a seguir os seus passos, os cristãos sabem que "se sofremos com Ele, também com Ele seremos glorificados" (Rm 8, 17).
 
   
Sábado de Ramos
 
Bênção dos Ramos, Celebração Vespertina e Festa da Catequese
18:00 HORAS, IGREJA ROMÂNICA S. SALVADOR DE GANDRA, CABEÇA SANTA
16:30 HORAS, IGREJA PAROQUIAL DE PEROSELO
15:00 HORAS, IGREJA MATRIZ DE S. GENS DE BOELHE 
 
A todos os paroquianos, em comunidade, votos de Santa e Feliz Páscoa.
---
 

PARÓQUIA DE S. GENS DE BOELHE

Domingo de Páscoa: Visita Pascal

Itinerário do Compasso (reorganização com a entrada de uma nova cruz na freguesia) 

 

Horário (previsão)

Cruz n.º 1

Cruz n.º 2

Cruz n.º 3

Cruz n.º 4

8 horas

Igreja

Alto do Casal

Carvalhinhas (Alminhas)

Perafita (cimo)

 

Samardã (baixa)

Abelheiras

Bairros (cimo)

 

Passinhos

Carvalhinhas (cimo)

Perafita (baixa)

 

Samardã (travessa)

Aldeia

Bairros (travessa)

 

Granja

Carvalhinhas (travessa / centro)

Rua de Bairros

 

Samardã

(centro)

Aidinhos

Rua do Meio

 

Molarinhas

Souto Velho

Fonte da Brecha

 

Samardã

(cimo)

Barreiro

Souto Velho

(Lugar Novo)

Rua da Barrosa

12h30

Montinho

Alminhas

 

ALMOÇO

 

14h30

Cristóvão (cimo)

Reguengo

(baixa)

Outeiro

Amela

 

Cristóvão

(centro)

Senrra

Valdoeiro

 

Reguengo

Ribeiro do Moinho

Rua Cornidos

 

Av.ª S. Gens

Reguengo (cimo)

Boelhe (fonte)

Rua Sapateiras

 

Rua do Ferreiro

Rua de Eirô

Rua de Estremadouro

Estremadouro (travessa)

 

Rua do Padeiro

Bairros (Casa)

 

Largo Calvário

Boelhe (Souto)

Estremadouro

(cimo)

 

Mouril

Picada

 

Largo da Arca

Rua das Escolas

Fragas

20,30 horas

 

Igreja Matriz de S. Gens de Boelhe

Solene Eucaristia e Recolha das Cruzes

 

 
  
publicado por a nossa terra às 13:30


perfil

4 seguidores

pesquisar neste blog
 
Abril 2011
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

13
14
15
16

17
22
23

24
25
27
29
30


links
Força Portugal!
badge
blogs SAPO