Meio de informação e divulgação, aberto à iniciativa e participação da comunidade, procurando difundir a actividade local entre 22 de Junho de 2007 a 1 de Outubro de 2013. Obrigado a todos os 75.603 leitores.

Igreja Românica S. Gens de Boelhe (M.N.)
03
Jun 11

Consulta dos cadernos de recenseamento

Saiba o seu número de eleitor e a freguesia ou distrito a que pertence in

https://recenseamento.mai.gov.pt/nome.html

 

 

Documentos necessários

Se pretender exercer o seu direito de voto e não tiver consigo o Bilhete de Identidade ou Cartão de Cidadão, pode apresentar um documento que tenha fotografia actualizada e que seja habitualmente utilizado para identificação (ex: passaporte ou carta de condução).

 

Onde se vota?

Pode obter esta informação na semana anterior ao acto eleitoral ou referendo, junto da Comissão Recenseadora que funciona na sua junta de freguesia da área de residência.

Esta informação pode ser também obtida no dia do acto eleitoral ou referendo, junto do representante nomeado da Comissão Recenseadora (normalmente trata-se do Secretário de Junta de Freguesia), encontrando-se esta aberta durante o dia ou adaptada com sistema informático junto da Assembleia de Voto.

Também pode obter esta informação através da Internet em www.recenseamento.mai.gov.pt ou enviando SMS grátis para 3838 (escrevendo RE espaço nº de BI ou CC espaço Data de Nascimento no molde AAAAMMDD).

 

Na freguesia de Boelhe, por decisão do Município de Penafiel, a Assembleia de Voto funcionará nas antigas escolas EB1 de Bairros n.º 1 (Escolas das Alminhas, em Bairros), divida em duas sessões (n.º 1 e n.º 2).

 

Como se vota?

Dirigindo-se à mesa deverá indicar o seu número de eleitor e o seu nome. Identifica-se através do Bilhete de Identificação ou o Cartão de Cidadão, ou na sua falta, documento que tenha fotografia actualizada e que seja habitualmente utilizado para identificação. Pode também identificar-se através de dois eleitores que atestem sob compromisso de honra a sua identidade ou ainda pelo reconhecimento unânime dos membros de mesa.

O presidente da mesa entrega-lhe um boletim de voto, devendo dirigir-se em seguida para a Câmara de Voto. Aí deverá preencher com uma CRUZ (X) o quadrado que está à frente da lista ou candidato em que deseja. Se deteriorar o Boletim devolva-o e peça outro ao presidente da mesa.

Ainda na Câmara de Voto, dobre o Boletim em quatro com a parte impressa voltada para dentro.

De seguida, dirija-se à mesa e entregue o Boletim ao presidente da mesa que o introduzirá na urna, com excepção da eleição dos Órgãos das Autarquias Locais, acto eleitoral em que é o próprio eleitor que introduz o boletim de voto na urna.

 

Será considerado voto nulo o boletim de voto:

. No qual tenha sido assinalado mais do que um quadrado ou quando haja dúvidas sobre qual o quadrado assinalado;

. No qual tenha sido assinalado o quadrado correspondente a uma lista que tenha desistido das eleições ou não tenha sido admitida;

. No qual tenha sido feito qualquer corte, desenho, rasura ou quando tenha sido escrita qualquer palavra;

. Contendo voto antecipado, quando o boletim de voto não chegar à mesa de voto nas condições legalmente previstas, ou quando seja recebido em sobrescrito que não esteja devidamente fechado.

 

Será considerado voto em branco o boletim de voto que não tenha sido objecto de qualquer tipo de marca.

 

Os eleitores afectados por doença ou deficiência física  notórias que a mesa verifique não poderem  votar sozinhos, podem ser acompanhados por um cidadão eleitor por si escolhido. Se a mesa tiver dúvidas sobre a notoriedade da doença ou deficiência física poderá exigir um atestado comprovativo da impossibilidade de votar sozinho, emitido por médico que exerça poderes de autoridade sanitária na área do município. Para esse efeito os centros de saúde estão abertos nos dias de eleições.

 

Votar constitui um direito e um dever cívico, pelo que os responsáveis pelas empresas ou serviços, em actividade no dia das eleições, devem facilitar aos trabalhadores dispensa do serviço pelo tempo suficiente para o exercício deste direito.

 

Posso votar na Internet?

Em Portugal não é possível votar electronicamente. Contudo, foram já realizados alguns testes de votação electrónica em assembleias de voto e trata-se de uma matéria que está a ser acompanhada pela Administração Eleitoral, nomeadamente integrando grupos de trabalho internacionais que analisam as experiências que vão surgindo pelo Mundo fora.

 

Valor da senha de presença dos membros das Mesas

A Direcção-Geral de Administração Interna esclarece que o valor da senha de presença dos membros convocados para as Mesas de voto das Eleições Legislativas2011, a decorrer no próximo dia 5 de Junho, é de 76,32€.

 

 Informação disponibilizada ao cidadão com o apoio da Junta de Freguesia de Boelhe

 

publicado por a nossa terra às 13:23

pesquisar neste blog
 
Junho 2011
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9

12

25

26
28
29


links
Força Portugal!
badge
blogs SAPO