Meio de informação e divulgação, aberto à iniciativa e participação da comunidade, procurando difundir a actividade local entre 22 de Junho de 2007 a 1 de Outubro de 2013. Obrigado a todos os 75.603 leitores.

Igreja Românica S. Gens de Boelhe (M.N.)
13
Fev 12

 

 

Verificando na comunidade um aumento de pedidos e situações cada vez mais específicas do dia-a-dia e vida aos cidadãos, “entendeu o Executivo, em cumprimento do disposto no manifesto eleitoral apresentado a sufrágio, congregar esforços na constituição de um balcão de apoio e informação ao cidadão da nossa terra”, refere Avelino dos Anjos Silva, presidente da Junta de Freguesia de Boelhe.  

O balcão de apoio e informação ao cidadão da freguesia de Boelhe pretende colmatar algumas necessidades que obrigam a população a deslocações e,
por vezes, há perda de retribuição ou faltas nos postos de trabalho, tendo como objectivo disponibilizar junto do cidadão alguns serviços como o preenchimento de formulários, requerimento para reconhecimento de insuficiência para pagamento de taxas moderadoras, esclarecimento sobre datas de submissão, documentos necessários e pedidos de senhas das Finanças com vista ao preenchimento da declaração de IRS, obtenção de certidões ou guias de pagamento referente ao Imposto Único de Circulação ou o pedido de alteração de morada, via internet, junto da Autoridade Tributária, entre outros, funcionará num dos gabinetes da Junta de Freguesia de Boelhe, entrando em vigor a partir do dia 11 de Fevereiro.

Durante os meses de Fevereiro, Março e Abril, este serviço terá um horário de funcionamento e atendimento ao público, sobretudo aos sábados, entre as 14 horas e as 17,30 horas, esperando-se que, com a disponibilização e apoio das Novas Tecnologias da Informação no Espaço Internet, a freguesia possa dispor ainda de formação ou sessões de informática a idosos, apoiar a comunidade na construção ou actualização individual de currículo vitae, pesquisas de informação, imagem e acompanhamento a estudantes, meio educativo, desportivo e associativo, comissões, movimentos e catequese paroquial, sob o uso controlado dos equipamentos informáticos e respeito pelas normas de segurança na Internet.

O registo informático dos Livros e Acervo, desde 8 de Abril de 1923, sobre a movimentação e ordem das sepulturas e jazigos do Cemitério Paroquial será uma outra tarefa a desempenhar pela equipa de trabalho constituída, em regime de voluntariado, contando com a ajuda, para já, de um formador e técnico oficial de contas. 

A progressão dos serviços em prol da comunidade, entende o autarca, ser de importância vital apontando como exemplos o acompanhamento e detecção de situações de carência e vivência dos cidadãos, motivos pelos quais o Executivo da Junta de Freguesia de Boelhe lança de imediato o desafio à comunidade na criação de uma bolsa de voluntários que possam dedicar ao outro, algum do seu tempo livre.

Entre as necessidades verificadas, os serviços de apoio e informação ao cidadão poderão abranger determinadas áreas cívicas e profissionais com formação como professores (no activo ou desempregados), técnicas de acção e serviço social, animadores sociais, formadores, pessoal secretariado, dirigentes associativos, elementos de iniciativa ou dinamizadores da sociedade civil, conclui Avelino Silva.

 

publicado por a nossa terra às 08:03


perfil

4 seguidores

pesquisar neste blog
 
Fevereiro 2012
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10

12
15

20
21
22
24
25

26
28


links
Força Portugal!
badge
blogs SAPO