Meio de informação e divulgação, aberto à iniciativa e participação da comunidade, procurando difundir a actividade local entre 22 de Junho de 2007 a 1 de Outubro de 2013. Obrigado a todos os 75.603 leitores.

Igreja Românica S. Gens de Boelhe (M.N.)
19
Out 12

Mensagem publicada nas redes sociais, via facebook

Canelas inaugurou novo Centro Escolar, Penafiel renova-se

 

Sr. Presidente da Câmara Municipal Dr. Alberto Santos, Sr. Vereador Dr. Antonino de Sousa e Sr. Deputado da AR, Dr. Mário Magalhães:


Exmos. Senhores,

Felicitamos as freguesias abrangidas pelos investimentos bem como todos os intervenientes nestas obras, comunitárias, dirigidas sobretudo às crianças e jovens e que, certamente, melhorarão as condições de ensino para docentes e educadores.

Também a nossa terra Boelhe luta nos últimos anos por um estabelecimento de ensino capaz das exigências e optimas condições de ensino... infelizmente, apesar de um projecto e muitas intensões, aquisição de área/terreno, a construção do Centro Escolar de Boelhe e o polidesportivo de apoio à juventude ainda se encontram por concretizar, tardam em sair do papel, apesar dos inúmeros esforços e pedidos da Junta de Freguesia de Boelhe, como bem o sabem.

Acreditem, Boelhe e o seu povo também são Penafiel. Façam p.f. um adicional esforço por estas obras sairem do papel para uma realidade próxima, não de promessas eleitorais, pois Boelhe também carece de muitas infra-estruturas, uma rede de saneamento, um centro escolar, um polidesportivo e muito mais como novas aberturas de ruas, limpezas ou calcetamentos.

Tarda a Boelhe sentir Penafiel.

 

 

A sua opinião é importante!

 

Não fique fora do tema da semana. Comente, divulgue, transmita a sua opinião através do e-mail anossaterraboelhe@sapo.pt.

 

 

Vereador Antonino de Sousa comentou a publicação

 

"Meus caros, antes de mais, agradeço a V/ mensagem. A Educação tem sido uma das principais prioridades da Câmara Municipal. Ao longo dos últimos 10 anos foram muitas dezenas de equipamentos construídos e muitos milhões de euros investidos para proporcionar melhores condições de funcionamento aos nossos Jardins de Infância e às nossas Escolas. É claro que não se pode fazer tudo ao mesmo tempo. "Roma e Pavia não se fizeram num dia". Em relação ao Centro Escolar de Boelhe posso assegurar-vos que a Câmara Municipal fez tudo o que estava ao seu alcance até ao momento. Elaborou o projecto, assegurou o terreno, fez a candidatura e promoveu o concurso para a execução da obra. Acontece que, em virtude da reprogramação dos fundos comunitários (QREN), a candidatura não foi ainda aprovada. E, sem financiamento assegurado, seria uma atitude leviana e irresponsável adjudicar a obra. Assim que a candidatura seja aprovada, a obra será adjudicada. Quanto à Junta de Freguesia de Boelhe, em relação a este assunto, limitou-se a apresentar o projecto na freguesia. O projecto que, como disse, foi elaborado, candidatado e concursado, pela Câmara Municipal. Quanto ao mais, as obras levadas a cabo na freguesia de Boelhe ao longo dos últimos 10 anos, em todos os domínios da governação autárquica, estão à vista de todos. Excepto dos que não querem ver! Na Câmara de Penafiel sentimos todas as freguesias por igual, porque todos são penafidelenses de primeira!"

 

publicado por a nossa terra às 07:51

 

 

O programa Impulso Jovem apresenta um conjunto de medidas de incentivo à criação de emprego jovem, um dos principais desafios com que Portugal se confronta actualmente.

 

A resposta a este desafio apresentada por este programa assenta em três eixos:

. Estágios Profissionais

. Apoio à Contratação e ao Empreendedorismo

. Apoios ao Investimento

 

Os estágios profissionais visam contribuir para a internalização de competências dos jovens mais qualificados nas entidades empregadoras, proporcionando-lhes, uma integração ou reintegração profissional, bem como a participação em formação profissional. Estão previstos em vários sectores de actividade, como na Economia Social, Agricultura, Associativismo Juvenil e Desportivo, mas também para as empresas que tenham projectos de investimento nas áreas da inovação, industrialização, ou internacionalização. No passaporte emprego, por seu turno, prioriza-se as candidaturas das empresas que operem nos sectores de bens e serviços transaccionáveis, visando-se, assim, aumentar a capacidade exportadora, contribuindo para o equilíbrio da balança comercial. O prémio de integração, permite contribuir para a criação de emprego após o termo do estágio, em caso de contratação através de um contrato de trabalho sem termo.

O apoio à contratação, designadamente através do reembolso da taxa social única, visa diminuir os custos associados à contratação dos mais jovens, desempregados há mais de 12 meses, com a contrapartida de lhe proporcionar um contrato de trabalho a tempo completo.

Os apoios ao empreendedorismo visam dinamizar a capacidade de apoiar na concretização de ideias de negócio por parte dos jovens, veiculando-se, muitas vezes, como uma possível alternativa ao trabalho por conta de outrem.

Os apoios ao investimento pretendem, usando algumas ferramentas já existentes, e criando outras, apoiar as PME, no sentido da sua expansão e criação de emprego jovem.

 

O Plano Estratégico “Impulso Jovem” actua nos dois lados do mercado de trabalho e estabelece as condições para que as empresas criem postos de trabalho qualificados e duradouros, ultrapassando as actuais restrições ao financiamento que enfrentam, e simultaneamente ajustando o seu padrão produtivo ao novo paradigma de modelo económico sustentável ambicionado.

Este Plano tem como propósito criar oportunidades de ingresso no mercado de trabalho para os jovens portugueses, oferecendo -lhes formação certificada ou formação no posto de trabalho, sempre com o objectivo de uma posterior relação laboral duradoura com vista a inverter a tendência instalada de aumento do desemprego estrutural entre os jovens.

Neste contexto, é crucial a criação de medidas e mecanismos que impulsionem a contratação e incentivem o empreendedorismo jovem, que facilitem o acesso ao financiamento das pequenas e médias empresas e apoiem a sua inovação e internacionalização.

O financiamento do Plano “Impulso Jovem” obedece às linhas estratégicas definidas pela reprogramação do QREN, assegurando-se que uma parte dos apoios previstos é direccionada para as regiões de convergência (Norte, Centro e Alentejo), de forma a contribuir para a redução das assimetrias regionais e para a coesão territorial, social e nacional.

+ info. in http://www.impulsojovemportugal.pt/ ou na sua Junta de Freguesia

 

Quem fala assim...

Deputada "arrasa" Ministro

 

publicado por a nossa terra às 00:28


perfil

4 seguidores

pesquisar neste blog
 
Outubro 2012
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9


21

28


links
Força Portugal!
badge
blogs SAPO