Meio de informação e divulgação, aberto à iniciativa e participação da comunidade, procurando difundir a actividade local entre 22 de Junho de 2007 a 1 de Outubro de 2013. Obrigado a todos os 75.603 leitores.

Igreja Românica S. Gens de Boelhe (M.N.)
28
Jan 13

 

Espaço de análise

 "Cadernos" 

 

--- 

Sob a forma de artigos de opinião, sujeitos à crítica e análise atenta do comum cidadão, promovemos neste blog e nas redes sociais (páginas do facebook e twitter) o desenvolvimento de uma série de temas relacionados com diversas áreas inerentes à Freguesia de Boelhe.

"Cadernos” procurará e respeitará a intervenção de dirigentes, autarcas, responsáveis locais e cidadãos que manifestem dar o seu contributo cívico, informando a comunidade. 

Como tema inicial foi seleccionada a área do desporto, transcrevendo-se o editorial, exemplificado com alguns casos e apresentação de propostas.

Todos podem participar com comentários/reacções ao post, utilizando para o efeito a ferramenta disponibilizada na área inferior “Comentar”. Poderá também participar através do e-mail anossaterraboelhe@sapo.ptou na página do facebook www.facebook.com/anossaterra.boelhe. Todos os comentários inoportunos, descontextualizados ou que denotem ofensa ou desrespeito serão eliminados, reservando-se moderação nos conteúdos a publicar.

Civicamente, participe!

---



 

Elaboração de programa autárquico defende(rá) o desporto e o associativismo como factor de desenvolvimento e coesão social

 

Em Outubro haverá eleições e as comissões políticas começam a organizar as primeiras sessões de trabalho para a elaboração do programa autárquico a apresentar aos eleitores para o mandato 2014-2017. A forma como cada programa estará a ser construído tende como projecção aos próximos tempos, meses em que se definirá os candidatos e projectos a sufragar nas urnas eleitorais não descurando o exame de consciência ao que foi prometido, ao que se fez ou se deixou por fazer. 

As bases do programa autárquico devem considerar a participação da comunidade local e contar com a participação activa de personalidades e agentes locais ligados á dinâmica associativa e à cidadania de cada localidade, dito concelho ou freguesia e não apenas o que se define numa estrutura partidária.

Atendemos a um bom exemplo como a visita às instalações desportivas, onde seja analisada e discutida a respectiva utilização, frequência de atletas e a sua gestão. Uma reunião com os dirigentes associativos e técnicos de desporto, permitirá avaliar o nível da prática desportiva que, neste caso, a freguesia tem quer ao nível competitivo e federado quer ao nível recreativo e amador. Devem ser identificadas as fragilidades que existem ao nível da cooperação e das parcerias entre as instituições. Assim se defende a importância da aproximação cada vez maior do desporto amador, federado, associativo ao desporto escolar, e vice-versa, de modo a haver continuidade no percurso de crescimento e evolução dos atletas e do alargamento das modalidades desportivas.

Tudo isto vem a propósito dos sucessivos pedidos de atribuição de verbas ou subsídios que o futebol na maior parte dos casos absorve, deixando os executivos sem grandes recursos financeiros para apoio às restantes modalidades e dos projectos que tardam.



 

Da prática desportiva à gestão dos espaços, há casos que convém analisar

 

Na freguesia de Boelhe, o desporto está representado pelo Futebol Club de Boelhe e pela Associação Columbófila de Boelhe, colectividades associativas com diversos escalões de atletas e formações que foram assimilando pergaminhos e co-habitando “paredes meias”. Convém referir ainda a prática de boccia pelos utentes do centro de dia e os BTTenros, um grupo em formação que desenvolve a sua em acção em prol do btt e que actualmente necessita de um espaço para reunir e preparar as suas actividades.

A gestão dos espaços públicos deve passar pela sua disponibilização no apoio à população e agentes locais ligados às mais diversas vertentes, do desporto à cultura, da acção social à juventude. Projectos como há muito tempo anunciados, o polidesportivo ou as piscinas são actualmente miragens das obras de construção, tal como poderá transformar-se o novo Centro Escolar de Boelhe - as dificuldades económico-financeiras são um forte entrave aos anseios desejados pela comunidade mas são, tal como se constata pela ausência de projecto de construção ou licenciamento do parque de jogos de futebol de praia, erros passados que devem ser tidos em conta no futuro.


 

 

 

Propostas e sinergias

 

Mantendo o apoio às actuais modalidades, a Freguesia de Boelhe possui estruturas, espaços e recursos naturais propícios à oferta de um variado leque de actividades desportivas e de lazer, integradas em vários projectos que abrangem diversas modalidades que podem ser desenvolvidas a nível local.

Apoiados por uma rede de instalações e procurando colaborações estratégicas com diversos parceiros, em forma de propostas e sinergias, a oferta desportiva assenta em: 

. Modalidades individuais e colectivas - competições

. Escolas de desporto

. Actividades de manutenção física e desportivas pontuais

. Desporto natureza e aventura


 

 

De inúmeras sugestões tidas como possíveis, somente a vontade e determinação podem ditar o seu sucesso. Seja como for, aqui fica registado o contributo cívico:

. (re)surgimento da formação de atletismo, extinta na década de 80 (ex-secção do Centro Cultural, Recreativo, Desportivo e Paroquial de Boelhe)

. (re)surgimento da formação de futsal feminino, extinta em 2012 (ex-secção da Associação de Desenvolvimento da Freguesia de Boelhe)

. formação da modalidade de futsal masculino, aproveitando os espaços municipais para treino e competição (Pavilhão Gimnodesportivo de Abragão ou Rio de Moinhos)

. lançamento da escolinha de futebol, dirigida a crianças dos 5 aos 10 anos

. estabelecimento de parceria com as Piscinas Municipais em Alpendurada para a prática de natação

. formação de um clube pedestre/montanhismo, dedicado à organização e divulgação de eventos, trilhos pedestres, caminhadas, campismo e actividades radicais

. formação de um clube de pesca de rio, aproveitando e valorizando as infra-estruturas existentes no campo de jogos e área de lazer junto ao Tâmega (Granja/Passinhos)

. formação de um clube ou secção de ténis de mesa, modalidade desportiva juvenil a desenvolver em cooperação com a escola EB1 de Bairros n.º 2 aproveitando-se o espaço do polivalente

. organização de torneio anual “Taça Freguesia de Boelhe”, competição solidária amadora com formações juvenis locais, revertendo apoios para causas sociais

. criação de um núcleo da juventude e desporto, estrutura de apoio e consulta da Junta de Freguesia de Boelhe, composta por um representante de cada formação e estrutura desportiva local

. disponibilização e cedência de espaços públicos (Salão Nobre da junta de freguesia, Parque Urbano Padre Serra, escola EB1 de Bairros n.º 1) para reuniões, assembleias e sede das colectividades, afectas sob regulamento

. organização de evento anual, distinguindo o(s) atleta(s) e/ou formação, como convívio entre todos os intervenientes desportivos da localidade, a realizar no Salão de Eventos da Freguesia de Boelhe

. concessão de verba anual, aprovada para efeitos de registos de colectividades associativas e licenciamento de actividades 

 

 


 

Além da oferta desportiva, a Freguesia de Boelhe deverá assumir um papel fundamental ao nível da promoção de eventos desportivos por toda a região:

. envio regular de e-mail

. criação de newslatters

. convite à presença de atletas e desportistas de âmbito nacional/lendas/velhas-guardas 

. convite à cobertura dos eventos e divulgação pela imprensa regional

 

Fernando Vieira da Rocha

moderador de “A nossa terra: Boelhe”

 

publicado por a nossa terra às 07:07

pesquisar neste blog
 
Janeiro 2013
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9


22

27


links
Força Portugal!
badge
blogs SAPO