Meio de informação e divulgação, aberto à iniciativa e participação da comunidade, procurando difundir a actividade local entre 22 de Junho de 2007 a 1 de Outubro de 2013. Obrigado a todos os 75.603 leitores.

Igreja Românica S. Gens de Boelhe (M.N.)
15
Jul 13

 

Colaboração da comunidade é fundamental

Caminhos rurais e florestais devem estar desimpedidos para a passagem das viaturas de socorro e mobilidade das populações

 

Depois de um breve passeio por alguns montes e matas da freguesia, constata-se que a obstrução de alguns caminhos pode vir a revelar-se grave, em caso de incêndio florestal.

Os proprietários de terrenos podem delimitar os seus terrenos, mas devem ter em conta que esses terrenos são atravessados por caminhos que estão definidos como caminhos de passagem de veículos de combate a incêndio. O mais grave é o facto de alguns caminhos rurais, devidamente sinalizados como caminhos municipais, encontrarem-se em diversos pontos da sua extensão sem condições mínimas de conservação, manutenção ou limpeza, impossibilitando a circulação de viaturas de socorro e a própria mobilidade das populações.

A eficácia da intervenção dos bombeiros nem sempre depende dos seus próprios meios, pelo que a população deve colaborar, não colocando obstáculos (pedras, troncos, terra, entre outros) que impedem o bom desempenho dos meios de socorro. Mais, deve alertar as autoridades e responsáveis autárquicos, denunciando situações e conhecimento de factos para que estes, nos locais de domínio público, possam intervir e proceder ao restabelecimento das normais condições de circulação e mobilidade.

Uma obstrução nestes caminhos pode ser bastante para impedir que um veículo de combate não chegue a tempo de combater um incêndio ou para por em risco a vida dos bombeiros, que se vêm impossibilitados de realizar inversão de marcha.

Nestas situações, como se sabe, cada minuto é importante e pode ser fatal, pelo que se apela e sensibiliza os proprietários de terrenos que tenham conhecimento de situações destas, para que procedam ao desimpedimento das vias e, à população em geral, informe os responsáveis autárquicos, de forma a contribuir, responsavelmente, para intervenções eficazes e para a preservação de vidas humanas, bem como a preservação da nossa floresta e bens.

O comportamento de alguns não pode por em risco o socorro da comunidade em geral e a vida dos bombeiros.

 

publicado por a nossa terra às 07:50

pesquisar neste blog
 
Julho 2013
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
13

14
20


28


links
Força Portugal!
badge
blogs SAPO