Meio de informação e divulgação, aberto à iniciativa e participação da comunidade, procurando difundir a actividade local entre 22 de Junho de 2007 a 1 de Outubro de 2013. Obrigado a todos os 75.603 leitores.

Igreja Românica S. Gens de Boelhe (M.N.)
27
Ago 13

 

 

 

Novo ciclo de fundos comunitários

 Dossier prevê desbloquear a construção do novo Centro Escolar de Boelhe

 

O Executivo da Junta de Freguesia de Boelhe, liderado por Avelino Silva, foi informado na passada semana sobre os trabalhos preparatórios do novo ciclo de fundos comunitários que poderá desbloquear a verba necessária para a construção do Centro Escolar de Boelhe, cujo projecto foi apresentado à população em 2012, durante as comemorações do 25 de Abril.

A decisão final é aguardada com ansiedade pela comunidade local, no entanto e até que se torne definitiva, “há que manter a esperança pela sua aprovação, finalizando um projecto que assumimos como prioritário neste mandato, tendo a Junta concretizado um investimento na aquisição do terreno em 30.000 euros”, refere o presidente do executivo local.

Entre avanços e recuos, este processo decorre desde o ano de 2008, resultando de uma candidatura do Município de Penafiel, tendo sido elaborado e aprovado o seu projecto para o lugar de Cristóvão, junto ao parque de jogos do Futebol Clube de Boelhe.

A autarquia penafidelense procedeu na freguesia de Boelhe ao encerramento das antigas escolas primárias de Bairros, nas Alminhas, decorrendo a frequência do ensino pré-escolar e do 1º ciclo, desde 2010, no parque escolar de Bairros n.º 2.

Entretanto, no passado domingo, durante o acto de inauguração de obras na freguesia de Duas Igrejas, Alberto Santos, presidente da Câmara Municipal de Penafiel, anunciou que são quatro os centros escolares projectados e apenas aguardam a aprovação final da entidade que gere os fundos comunitários para se poderem lançar estas quatro novas obras. Tratam-se dos centros escolares de Duas Igrejas, Boelhe, Pinheiro e Irivo.

O autarca penafidelense espera concretizar o lançamento da primeira pedra dos novos centros escolares, ainda durante o presente mandato. “Sabemos que estamos perante um novo ciclo de fundos comunitários que não pode ser perdido, mais uma vez, para se cumprir um acto de justiça para a região", sustentou Alberto Santos.

 

publicado por a nossa terra às 08:00

2 comentários:
As pessoas têm uma duvida, o terreno onde vao ser construidas as escolas pertencia ao Neca Ferreira foi vendido pelas finanças á Câmara Municipal de Penafiel por 70.000 mil euros será que esta junta voltou a comprar o terreno outra vez por trinta mil euros? A quem o compraram?
António a 3 de Setembro de 2013 às 13:12

Caro António,
Agradeço o seu comentário. Segundo o assunto debatido em Assembleia de Freguesia, foi a Junta de Freguesia de Boelhe quem intercedeu na ocasião sobre a aquisição de uma parcela de terreno junto da autarquia penafidelense. A parcela destinada ao Centro Escolar de Boelhe (cerca de 8.000 metros quadrados) foi adquirido pela quantia de 37.000 euros, sendo este valor proveniente de 30.000 euros da verba do protocolo que a Junta recebia anualmente, dado que depois de 2009 este tipo de protocolo terminou. Os restantes 7.000 euros foi a parte que a autarquia penafidelense comparticipou. Quanto à escritura, essa encontra-se em nome da Câmara Municipal de Penafiel pois, como saberá melhor, por norma todos os edifícios escolares (escolas 1º ciclo) e pré e escolar (jardim-de-infância), bem como os terrenos, são escriturados dessa forma (na minha opinião está errado, pois 30.000 euros foram suportados pela freguesia, verba que poderia ter usado para outras obras mas esta foi a prioridade, caso contrário, nem sequer se ouvia falar do centro escolar de Boelhe, por certeza).
Quanto aos 70.000 mil a que fez referência, foram o valor fixado pelas Finanças - se é que é verdade que tenham sido pagos pela autarquia, devem ser referência à totalidade do terreno (14.000 metros quadrados), pois além do centro escolar de Boelhe, a Câmara Municipal de Penafiel tem destinado desde o ano de 2005 um polidesportivo (de certeza para apoio ao centro escolar e parque de jogos do FC Boelhe). A questão não está em ser esta ou outra (há apenas uma Junta de Freguesia de Boelhe) mas sim os benefícios para a comunidade e, nestes, seguramente, toda a população está empenhada para que este projecto saia definitivamente do papel e possa ser, em breve, uma realidade.
Para mais informações, sugiro o contacto p.f. com o Executivo da Junta de Freguesia de Boelhe, os elementos da Assembleia de Freguesia ou a Autarquia de Penafiel.
À consideração,
​O Moderador.
a nossa terra a 5 de Setembro de 2013 às 14:58


perfil

4 seguidores

pesquisar neste blog
 
Agosto 2013
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9

11
12
13
16
17


28


links
Força Portugal!
badge
blogs SAPO