Meio de informação e divulgação, aberto à iniciativa e participação da comunidade, procurando difundir a actividade local entre 22 de Junho de 2007 a 1 de Outubro de 2013. Obrigado a todos os 75.603 leitores.

Igreja Românica S. Gens de Boelhe (M.N.)
28
Set 13

 

 

Reutilize e/ou envie para a reciclagem os consumíveis de impressão.

 

Com a afirmação do mundo da informática no quotidiano, e não obstante a cada vez maior possibilidade de mudarmos para o modo ‘digital’, a reprodução física de documentos – seja por impressora, fax ou fotocopiadora - é uma ferramenta habitual em qualquer escritório e em muitas habitações.

Os chamados consumíveis de impressão – tinteiros e toners - protagonizam mais um desafio ao consumidor na sua qualidade de resíduo ‘perigoso’ com elevado potencial de impacte ambiental.

A boa notícia – não sendo até tão novidade quanto isso - é que já encontramos várias empresas e entidades que não só compram ou recebem tinteiros e toners vazios, como também os reciclam e voltam a vender, assegurando a qualidade da tinta e preservação da impressora, tudo a um preço muito inferior ao de um consumível produzido de raiz.

Segundo dados de uma empresa na área, a quantidade de cartuchos reciclados no nosso país é ainda irrisória, estimando-se que uns pesados 99% ainda sigam para o lixo normal. Tratando-se de resíduos não biodegradáveis, têm um enorme impacte ambiental. Por outro lado,  são feitos a partir de matérias-primas escassas: o fabrico de um cartucho implica cinco litros de petróleo.

A proliferação de empresas que oferecem soluções para o encaminhamento destes resíduos é, assim, a prova de que há vantagens em procurar estas alternativas e reutilizar e/ou reciclar os consumíveis de impressão.

Existem também campanhas periódicas, como o caso da que é promovida pela AMI, com vista à recolha de consumíveis informáticos para reciclagem, tendo aqui também uma componente social envolvida.

À opção da entrega para reciclagem ou preferência por consumíveis reciclados, junta-se outra hipótese: a de reencher tinteiros e toners, possibilidade já disponível também no mercado nacional.

Qualquer que seja a preferência, o melhor mesmo é adiar esta escolha. Imprimir o menos possível e de forma responsável.

por: QUERCUS

 

publicado por a nossa terra às 08:00

comentário:
Bom dia,
Felizmente existe empresas e associações onde podemos depositar e reciclar este tipo de material que é o caso da Quercus e AMI, mas também existem empresas que fazem a valorização destes tinteiros vazios por exemplo:
www.recicla.eu.com
www.jatinteiros.com
entre outros.
Joao Jose Calado de Barros a 25 de Fevereiro de 2014 às 10:39

pesquisar neste blog
 
Setembro 2013
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9

21

22
23
24
26

30


links
Força Portugal!
badge
blogs SAPO