Meio de informação e divulgação, aberto à iniciativa e participação da comunidade, procurando difundir a actividade local entre 22 de Junho de 2007 a 1 de Outubro de 2013. Obrigado a todos os 75.603 leitores.

07
Jan 08

Agora que um novo ano se inicia, nada melhor que perspectivar alguns acontecimentos marcantes para a população boelhense.

 

Janeiro iniciou-se com o convívio da Ceia de Reis para os idosos, aliás, uma jovem “tradição” que tende a resistir… e pela positiva. Falando em Reis, convém não esquecer o cântico das Janeiras ou simplesmente “a Chulada” da Comissão de Festas – decorrem até ao próximo dia 20.

 

Já em Fevereiro, tradicional mês da folia carnavalesca, inicia-se com as festividades da relíquia a S. Brás, este ano em pleno dia 3. Este ano é festejado em pleno dia 3 (dia do Santo). Será prenúncio de um “velho” sonho da comunidade local? Haverão novidades quanto ao arranque da construção do miradouro e Capela a S. Brás? O Carnaval festeja-se no dia 5, aguardando-se um dia sem chuva para os já habituais cortejos e desfiles. Segue-se o período da “Quaresma”.

 

O mês de Março reserva como datas importantes o dia 16 (Domingo de Ramos) e a semana da Páscoa, este ano ainda em horário de Inverno. Se as festividades da Páscoa são o expoente máximo deste mês, as férias escolares merecem também o devido destaque. Possivelmente os muros de suporte da nova rua do Estremadouro estarão concluídos, iniciando-se uma nova fase desta obra.

  

O F.C. Boelhe percorre, em diversos escalões, a “luta” na tabela classificativa e, em Maio, os resultados ditarão o balanço desta época (positiva!). Logo no primeiro fim-de-semana comemoram-se as festividades do Dia da Mãe, seguem-se as celebrações de N. Sr.ª de Fátima (romagem obrigatória a Passinhos) e terão inicio as festas da nossa Catequese Paroquial.

 

Ao nível associativo, aguardam-se tempos de fortes expectativas para a ADFB, quanto ao “arranque” da construção do Lar de Idosos, candidatura recentemente aprovada no PARES, e a viabilidade económico-financeira da compra das novas instalações, sitas no lugar de Boelhe. Aguarda-se também uma campanha positiva nas actividades desenvolvidas pela Columbofilia de Boelhe.

  

A viragem do semestre deverá trazer novidades quanto à resolução de problemas que afectam a freguesia, destacando-se a liquidação da dívida da freguesia na Beneficiação da Residência Paroquial; quanto ao lançamento de novas obras, por parte do Poder Local, sob o atento olhar da “crise” que paira nas nossas carteiras e os primeiros balanços da nova (benéfica!) Lei do Tabaco.

 

As férias de Verão, as problemáticas “noitadas” à entrada do Centro de Saúde, as festividades a S. Gens e N. Sr.ª do Rosário, as obras de beneficiação da Igreja Paroquial e as primeiras agitações políticas para 2009 marcarão, com certeza, os próximos tempo da população boelhense.

 

Convém lembrar que este é ano bissexto, logo, existe um dia mais na perspectiva e esperança de construirmos uma terra mais e melhor desenvolvida, segura no crescimento das nossas crianças, na afirmação dos jovens para o futuro que se avizinha e socialmente justa para com a 3ª idade. Aproveitar o que existe ou se faz melhor, respeitando a nossa história e perspectivando valores futuros depende de todos.

 

Que estes e muitos outros acontecimentos, se possível positivos, possam ser montores da edição de post´s neste nosso blog.

publicado por a nossa terra às 18:03

Em pleno Dia de Reis, os idosos da freguesia de Boelhe tiveram um dia diferente do habitual, com um basto programa festivo, repleto de sentimento e solidariedade.

A “Ceia de Reis” reuniu cerca de 70 idosos da freguesia de Boelhe, numa organização conjunta dos movimentos paroquiais Grupo de Jovens, Confraria S. Vicente de Paulo e Equipa Pastoral da Família.

O programa iniciou-se na Igreja Paroquial, pelas 11 horas, na celebração eucarística dominical, presidida pelo Sr. Pe. Felisberto Capela.

O “repasto” de confraternização decorreu no Parque Urbano Padre Serra, onde não faltou o tradicional bacalhau e os doces regionais, como Pão-de-Ló, rabanadas, aletria ou Bolo-Rei.

No final, como vem sendo hábito nas últimas edições, a Comissão de Festas a S. Gens e Nossa Senhora do Rosário brindaram os presentes com os Cantares de Reis.

O Organização agradece a todos quanto colaboraram com as ofertas dos ingredientes e ajudaram na confecção dos mesmos.

publicado por a nossa terra às 15:20


perfil

4 seguidores

pesquisar neste blog
 
Janeiro 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
12

13
14
16
19

20
22
25
26

27
28


links
Força Portugal!
badge
blogs SAPO