Meio de informação e divulgação, aberto à iniciativa e participação da comunidade, procurando difundir a actividade local entre 22 de Junho de 2007 a 1 de Outubro de 2013. Obrigado a todos os 75.603 leitores.

18
Mai 09

 

A água não cai do céu...

e nem toda a gente pode abrir uma torneira e obter água para beber.

 

Ajudar a UNICEF
 
 
 
 
O que é?
 

A UNICEF é uma agência das Nações Unidas que tem como objectivo promover a defesa dos direitos das crianças, ajudar a dar resposta às suas necessidades básicas e contribuir para o seu pleno desenvolvimento.

 

A UNICEF rege-se pela Convenção sobre os Direitos da Criança, e trabalha para que esses direitos se convertam em princípios éticos permanentes e em códigos de conduta internacionais para as crianças.  

 
O que faz?
 

A UNICEF é a única organização mundial que se dedica especificamente às crianças. Em termos genéricos, trabalha com os governos nacionais e organizações locais em programas de desenvolvimento a longo prazo nos sectores da saúde, educação, nutrição, água e saneamento e também em situações de emergência para defender as crianças vítimas de guerras e outras catástrofes. Actualmente, trabalha em 158 países de todo o mundo.

 
Um donativo pode fazer a diferença...
 

Para milhões de crianças em todo o mundo a ajuda da UNICEF tem uma importância vital: vacinação, cuidados de saúde, educação, nutrição, protecção contra abusos, violência e guerra podem representar a vida e o futuro de uma criança. Para realizar isto tudo, a UNICEF depende exclusivamente de contribuições voluntárias.

 

Saiba como cada Donativo pode ser precioso para as crianças.

 

As crianças do mundo e a UNICEF agradecem a sua generosidade.  

publicado por a nossa terra às 18:29

 

Escolas testam estudantes
 

Os conhecimentos de milhares de alunos dos 4.º e 6.º anos de escolaridade começam esta segunda-feira a ser apurados nas provas de aferição de Língua Portuguesa e Matemática.

Os resultados das provas de aferição não produzem quaisquer efeitos nas notas finais dos alunos. Mas servem para tomar o pulso à absorção das matérias leccionadas. A primeira prova, de Língua Portuguesa, realiza-se esta segunda-feira. Segue-se, na quarta-feira, a prova de Matemática.

No ano passado, mais de 230 mil alunos de 6.883 estabelecimentos de ensino foram submetidos às provas de aferição.

A percentagem de positivas a Língua Portuguesa fixou-se em 93,4 por cento no 6.º ano, contra os 85,4 por cento contabilizados no ano lectivo anterior. Entre os alunos do 4.º ano, registou-se uma melhoria de 0,4 pontos percentuais. Já na prova de Matemática, quase dois em cada dez alunos do 6.º ano tiveram nota negativa. No 4.º ano, a percentagem de negativas foi de 8,8 por cento.

As provas de aferição foram introduzidas em 1999 com carácter universal. A partir de 2002, o Ministério da Educação optou por fazer incidir o processo de avaliação de conhecimentos sobre uma amostra representativa do corpo estudantil do país. Há dois anos a tutela decidiu reintroduzir as provas aos alunos dos 4.º e 6.º anos.

O processo já mereceu críticas ao "manual do aplicador" preparado pelo Ministério da Educação, que a Fenprof afirma constituir uma provocação à dignidade dos docentes.

  

18 de Maio, Dia Internacional dos Museus  

  

Este dia merece comemoração um pouco por todo o país. Em destaque, o Museu de Aveiro, com a obra "Retrato da princesa Santa Joana", Século XV, Nuno Gonçalves. 

publicado por a nossa terra às 14:19


perfil

4 seguidores

pesquisar neste blog
 
Maio 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12
13
16

17
19
21
23

24
28
30

31


links
Força Portugal!
badge
blogs SAPO