Meio de informação e divulgação, aberto à iniciativa e participação da comunidade, procurando difundir a actividade local entre 22 de Junho de 2007 a 1 de Outubro de 2013. Obrigado a todos os 75.603 leitores.

05
Jun 13

 

Direitos reservados ao jornal

 

Alberto S. Santos apresentou novo romance em Penafiel

Várias referências geográficas incluem Boelhe, Entre-os-Rios, o Douro e Tâmega, salientou Alfredo Sousa

 

A Biblioteca Municipal de Penafiel recebeu no passado dia 30 de Maio o “Encontro com o Escritor” Alberto S. Santos e a apresentação da sua mais recente obra “O Segredo de Compostela”.

A apresentação do livro ficou a cargo de Alberto Sousa e contou ainda com o momento musical de Francisca Portugal no Violino, acompanhada por Isolda Crespi Rubio ao piano.

“O Segredo de Compostela”, editado pela Porto Editora e da autoria de Alberto S. Santos, levanta algumas dúvidas sobre quem está sepultado no túmulo, em Santiago de Compostela e qual o sentido atual das peregrinações. Prisciliano, líder carismático do século IV e pioneiro defensor da igualdade das mulheres e dos valores do Cristianismo primitivo, é a figura preponderante neste enigma secular. Comprometido com a força da sua espiritualidade, viveu no coração os sobressaltos de um amor proibido, envolto em ciúmes e intrigas. Ainda que aclamado bispo pelo povo, Prisciliano tornou-se no primeiro mártir da sua Igreja, a quem a História ainda não prestou o devido reconhecimento.

Adelaide Galhardo, diretora da Biblioteca começa por explicar que a obra se situa no Século IV, época do Império Romano. Salienta que é um livro cheio de pormenores, que obrigam o leitor a estar atento e que aborda questões fundamentais tal como o movimento contrário ao cristianismo ou até mesmo o papel da mulher no Império Romano.

Para Alfredo Sousa, o escritor “teceu uma história verdadeiramente impressionante”. Salienta as várias referências geográficas que incluem até Penafiel: Boelhe, Marecos, Mozinho, Entre-os-Rios o Douro e Tâmega.

Destaca Prisciliano e Egéria como personagens pela história de amor e pelo movimento contra as práticas religiosas correntes. Assim como saliente o papel de Diogenes, que surpreende os leitores, um mendigo filósofo.

Explica que o escritor Alberto S. Santos tem “o hábil talento literário de introduzir o leitor na narrativa”. Neste livro a ficção aproxima-se da história e da ciência, e para Alfredo Sousa traz ao leitor ensinamentos preciosos.

“O Segredo de Compostela é um romance histórico genial, uma vez que provoca nos leitores um duplo fascínio, o do prazer e o do saber”, identifica Alfredo Sousa.

O escritor, Alberto S. Santos, admite que se fascinou pela história de Prisciliano, pois tinha uma visão muito atual e provocatória, por exemplo, achava que as mulheres eram iguais ais homens, isto no século IV. Tinha uma outra interpretação de Cristo, uma visão diferente do cristianismo, mas o ter sido líder espiritual inigualável custou-lhe a vida. Hoje em dia é ainda considerado herege e a sua história foi sempre escondida pela igreja.

Isto cruza-se com a história de Compostela, uma vez que Santiago morreu e foi sepultado em Jerusalém no século VI. O autor após uma longa investigação considera ser impossível que Santiago Maior estivesse em Compostela, sendo este um grande mistério dos tempos.

A história de Prisciliano por sua vez assemelha-se muito à lenda de Santiago, a memória coletiva foi cimentando o mito, não se podia construir a fé baseada na história de um herege, mas sim num apóstolo.

Este livro é o terceiro romance de Alberto S. Santos, seguindo-se aos bestsellers "A Escrava de Córdova" (2008) e "A Profecia de Istambul" (2010). Alberto S. Santos é advogado, formado pela Universidade Católica Portuguesa, exercendo atualmente funções públicas, como presidente da Câmara Municipal de Penafiel. 

Fonte: jornal “Notícias de Penafiel

 

publicado por a nossa terra às 19:59


perfil

4 seguidores

pesquisar neste blog
 
Junho 2013
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
12
13
14
15

18
19
20

23
26
28
29

30


links
Força Portugal!
badge
blogs SAPO